13 de junho de 2015

Segredos sobre Resident Evil que você talvez não saiba !

Segredos sobre Resident Evil que você talvez não saiba !

fatos-curiosidades-resident-evil
O mais popular game sobre zumbis nasceu na era Playstation. Na época eu trabalhava em uma locadora de games, então assim que Resident Evil foi lançado me lembro que compramos e no mesmo dia que ele chegou na locadora eu comecei a jogar, daquele jeito… “só pra testar” (até então nunca tinha nem sequer ouvido falar nele). Daquele dia em diante não consegui mais parar de jogar. Eu me lembro que juntava fila na locadora pra me ver jogar o game, não porque eu era bom, eu era bem ‘noob’ aliás, mas porque além de muito bem feito, o game era envolvente e tinha uma temática que até aquele momento não tinha sido muito bem explorada: Uma casa cheia de mistérios, aparentemente abandonada e repleta de zumbis entre outras criaturas. Foram longos dias até conseguir aos poucos avançar até terminar o game.
Resident Evil é um clássico, um dos títulos que mais marcaram o início da era Playstation. A franquia é praticamente obrigatória para os que gostam de games que misturam ação, sobrevivência e zumbis. Mas mesmo achando que sabemos tudo sobre a franquia, há sempre algo interessante sobre ela que acaba nos surpreendendo. Montamos uma lista com 9 segredos e curiosidades interessantes sobre Resident Evil, alguns deles muitos já sabem, mas com certeza pelo menos um dos itens da lista você provavelmente não sabia. Quer ver? Olha só:
1 – O verdadeiro nome de Resident Evil é BioHazard

fatos-curiosidades-resident-evil_1_bio-hazard

2 – George Romero escreveu o script para o filme Resident Evil
fatos-curiosidades-resident-evil_2_george-a-romero
George Romero – famoso escritor e criador de filmes e livros de zumbis – foi quem escreveu o script original do filme Resident Evil. Romero é autor de obras como “A Noite dos Mortos Vivos”, “Despertar dos Mortos” e “Dia dos Mortos.” Resident Evil, no entanto, sofreu adaptações feitas por Paul W.S. Anderson. Mesmo assim o roteiro seguiu de perto o script original de Romero. Na história de Romero, Chris e Jill Valentine se gostavam e Chris não era um membro da S.T.A.R.S. Esta não foi o única vez que a franquia Resident Evil recebeu um toque de Romero, ele também criou o comercial japonês para o game Resident Evil 2.

3 – Resident Evil foi inspirado no game Sweet Home do NES, também da Capcom
fatos-curiosidades-resident-evil_3_sweet-home
Sweet Home foi um game do NES de terror criado pela Capcom em 1989. Pode ser descrito como um RPG, seguindo a mesma linha de Dragon Quest. Uma curiosidade é que Sweet Home não inspirou somente Resident Evil, mas sim também um filme de terror japonês com o mesmo nome do jogo, que muito provavelmente você não assistiu. Se ainda não jogou Sweet Home sugiro que jogue, é um game muito legal por ser um título 8-bit.

4 – Resident Evil: Survivor para PC é considerado um dos piores games de terror já criados
O game Resident Evil: Survivor foi lançado pela Capcom em 2000 para o Playstation. Pra quem não conhece, é um game de tiro em primeira pessoa com a temática do game. A versão do jogo para PS1 já era bem ruinzinha quando comparada aos jogos de tiro de hoje em dia, daí então algum infeliz teve a brilhante ideia de adaptá-lo para o PC, pior ainda, sem a qualidade gráfica do Playstation. O motor e os gráficos foram reconstruídos a partir do zero e foram considerados amplamente inferiores em relação aos da versão original do PlayStation. Resultado: O game é considerado como um dos piores jogos de terror de todos os tempos para PC.

5 – A misteriosa erva cor-de-rosa
fatos-curiosidades-resident-evil_5_pink-herb
Ela não existe no game, pelo menos não na versão original. Sabemos que ela somente aparece quando usamos um ‘Game Shark’ ou ‘Action Replay Pro’ no game, mas ninguém sabe ao certo se realmente é possível. Nós todos sabemos o quê as ervas vermelhas, verdes, azuis e amarelas fazem, mas a Capcom nunca revelou o que esta erva cor-de-rosa supostamente faz. Tudo o que dizem são boatos, mas ela existe e por algum motivo não revelado foi tirada do game pela Capcom antes do lançamento.

6 – Antes do Resident Evil 2 ser lançado, a Capcom trabalhava no Resident Evil 1.5
fatos-curiosidades-resident-evil_6_re-1.5
Resident Evil 1.5 é o nome oficial dado ao jogo que estava sendo trabalhado antes de Resident Evil 2 ser lançado. Era bem diferente de Resident Evil 2, Claire Redfield nem sequer existia no game. Em vez disso, existia uma personagem chamada Elza Walker que nunca se cruzava com Chris. Os modelos dos personagens eram bem diferentes, os zumbis se comportavam de maneiras diferentes, era basicamente um jogo totalmente diferente. Sabe-se porém que o game tinha estilo RPG, com opções de aumentar a sua defesa e melhorar outras características do personagem.
fatos-curiosidades-resident-evil_6_re-1.5-chars

7 – Resident Evil era para ser apenas mais um jogo em primeira pessoa
fatos-curiosidades-resident-evil_7_first-person
A Capcom e Shinji Mikami não achavam que a temática “horror e zumbis” combinavam com jogos em primeira pessoa. Durante a era PS1 não haviam muitos jogos de tiro em primeira pessoa, sendo Doom e o 007 Goldeneye do N64 os mais bem falados na época. Eles resolveram criar o game em um estilo Alone in the Dark, o resultado foi um game de ação com um tema sombrio, que acabou caindo na graça de muitos que posteriormente acabaram se tornando fãs da franquia. Zumbis, casa mal assobrada, modos de visão de câmera variados de acordo com cada cena, essa estranha combinação de elementos deu origem ao gênero de horror e sobrevivência mais famosos dos últimos tempos.

8 – Resident Evil 3 e Resident Evil: Code Veronica tiveram seus nomes trocados
fatos-curiosidades-resident-evil_8_nemesis-code-veronica
Depois de lançar Resident Evil 2, a Capcom decidiu que iria trabalhar em dois jogos Resident Evil separados ao mesmo tempo: Resident Evil 3 e Resident Evil: Nemesis. Este último era para ser um “spin-off” que recapitularia os eventos que antecederam a Resident Evil 2, enquanto Resident Evil 3deveria continuar a história utilizando motores gráficos de última geração. Infelizmente, a Capcom tinha assinado um contrato de exclusividade com a Sony, que os obrigou a lançar um título ‘numerado’ na plataforma da Sony. Assim, Resident Evil: Nemesis teve que ser rebatizado comoResident Evil 3 e o anterior Resident Evil 3 acabou se tornando o Resident Evil – Code: Veronica do Dreamcast, que mais tarde acabou sendo lançado também para o PS2.

 Devil May Cry era na verdade uma versão “diferente” de Resident Evil
fatos-curiosidades-resident-evil_9_devil-may-cryDante, o personagem principal de Devil May Cry era originalmente protagonista de Resident Evil 4. Na verdade Resident Evil 4 foi criado para ter um ritmo muito mais rápido em seu método de ação, mas a Capcom sentiu que o jogo desviou muito de suas raízes. No entanto, uma vez que eles gostaram do game que foi criado, resolveram criar dar um outro nome ao jogo, então nasceu oDevil May Cry que nós conhecemos.

0 comentários: